A Portaria MJSP nº 254/2021 foi publicada no Diário Oficial da União, nesta terça-feira (8). A ação tem como objetivo garantir a ordem pública

Após Estado do Amazonas sofrer uma onda de violência, Anderson Torres, ministro da Justiça e Segurança Pública, autorizou o emprego da Força Nacional por 30 dias, a partir de hoje (8).

“A Força Nacional de Segurança Pública vai reforçar o policiamento no enfrentamento da crise provocada pela onda de violência e incêndios na região. O Ministério da Justiça e Segurança Pública está atento para combater a criminalidade, especialmente de organizações criminosas. Essas medidas exigem uma atuação integrada e coordenada das forças de segurança”, afirmou o ministro Anderson Torres

Em vingança pela morte de traficantes, os criminosos já incendiaram viaturas da polícia, ônibus, transformadores de energia elétrica, estabelecimento comercial e até abordaram uma ambulância. Desde domingo, ao menos 16 veículos haviam sido incendiados. De acordo com o governo do Amazonas, os atos já aconteceram tanto na capital quanto em Careiro Castanho e Paritins (cidades do interior). Segundo relatos, até escolas já foram alvos dos bandidos.

Caso seja necessário, a ação do efetivo dos agentes de segurança pública poderá ser postergada. A operação em suporte ao governo do Amazonas também conta com apoio logístico do Estado, que deverá contribuir com infraestrutura necessária à Força Nacional.