Além do desrespeito ao distanciamento social, nenhuma fiscalização foi identificada para coibir amontoado de pessoas nos supermercados

Unidades do Grupo Mateus registram aglomerações neste domingo (2), um dia após feriado do Dia do Trabalho em que as lojas estiveram fechadas

Um dos maiores conglomerados de empresas de Atacado e Varejo no Brasil, o Grupo Mateus sequer tem disponibilizado fiscalizações para coibir amontoado de pessoas nos supermercados. Os estabelecimentos têm permitido enormes filas para pagamento nos caixas.

Nas redes sociais, os consumidores denunciam, inclusive, a indisponibilidade de cestas e carrinhos para incluir seus produtos de interesse.