Medida judicial do governador Flávio Dino contra Jair Bolsonaro quer impedir adiamento do censo do IBGE e colocar 200 mil recenseadores nas ruas. Risco de agravamento da pandemia é iminente se medida genocida do comunista for concretizada.