Centro Médico, Hospital Guarás, São Domingos e UDI reduziram ocupação de leitos clínicos

Os hospitais particulares de São Luís reforçaram a ação de desativação das alas exclusivas para tratamento da covid-19. Todos os hospitais da rede privada informaram que possuem leitos para tratamento do novo coronavírus.

Das unidades que mais reduziram leitos de internação, o São Domingos foi o que mais desativou, sendo 31 alas clínicas e 18 de UTI, totalizando 49. O hospital possui 5 leitos clínicos e uma UTI’s disponíveis. No Hospital Guarás, antes eram 21 leitos em uso e hoje em dia são 11. O estabelecimento de saúde tem 2 leitos clínicos e 1 UTI’s vagos atualmente. O Centro Médico reduziu de 14 para 8 leitos de UTI’s utilizados para Covid-19 enquanto que o UDI também teve redução no leito do setor clínico, passando de 35 para 34. O Centro Médico tem 11 leitos clínicos e 3 UTI’s disponíveis enquanto a UDI tem 14 leitos clínicos desocupados.

Na rede estadual, a ocupação das Unidades de Terapia Intensiva da capital maranhense é de 91% e leitos clínicos 82%. Em Imperatriz, segunda maior cidade do Estado, a ocupação das UTI’s está em 66% e 51% de clínicos. Nas demais regiões 42% dos leitos clínicos ocupados e 67% de UTI’s preenchidas.