Veja ouviu uma fonte militar que falou sobre sinal dos aparelhos nas proximidades de área militar e, segundo a revista, STF sabia da existência das maletas

Neste domingo (25), a Veja divulgou que o serviço de inteligência do Governo Federal já emitiu alerta ao Palácio do Planalto sobre reconhecimento de sinais de maletas de grampo na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

Conforme uma fonte militar ouvida pela revista, além da Esplanada, os sinais de maletas de grampo através de simulação de torres de celular que permitem interceptar o aparelho foram identificados nas proximidades dos comandos das Forças Armadas. Além do mais, a segurança do Supremo Tribunal Federal (STF) chegou a orientar os integrantes da Corte a evitar ligações convencionais, de acordo com a Veja.

“Se eles sabiam [das maletas], eles comunicaram o governo? Se eles não comunicaram, não é prevaricação? Se depois disso as Forças Armadas não agirem, acabou. Não tem mais país. O Brasil é uma Venezuela. Não tem o que falar”, afirmou o jornalista Allan dos Santos, que já havia alertado sobre o caso há cerca de oito meses