Governo estadunidense faz o alerta para não deixar o Brasil vulnerável aos caprichos do Partido Comunista da China (PCCh)

Durante entrevista ao programa Roda Viva na última segunda-feira (26), Samantha Power – ex-embaixadora dos EUA na Organização das Nações Unidas – alertou que o governo chinês utiliza a rede 5G para “espionagem comercial”.

Fabio Faria, ministro das Comunicações, não se pronunciou sobre as declarações de Samantha Power, atualmente indicada pelo presidente dos Estados Unidos para liderar a USAid (Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional), visto que a ex-embaixadora acrescentou que o governo estadunidense faz o alerta para não deixar o Brasil vulnerável aos caprichos dos chineses. O site Poder360 tentou entrar em contato com o ministro das Comunicações e o chanceler Carlos França, mas ambos não emitiram comentários sobre as declarações da ex-embaixadora.

“A China foi muito pragmática com os países aos quais forneceu EPIs, e quase sempre pediu algo em troca. [Por exemplo]: ‘Preciso que vocês apoiem nossa atitude com os Uigures no Conselho de Direitos Humanos da ONU’ ou ‘preciso que façam uma canção elogiando a China pelos EPIs que forneceu’”, alertou Samatha Power.