Dois dias após vice-governador afirmar que o debate das eleições em 2022 está em 2º plano na TV Mirante, senadora Eliziane Gama lança Weverton no mesmo canal e no mesmo programa.

A cada dia que passa fica mais evidente que o vice-governador Carlos Brandão, pelo menos por enquanto, é um alvo fácil para o senador Weverton Rocha. O recente anúncio da senadora Eliziane Gama (Cidadania) que antecipou em mais de um ano sua opção para o governo do estado, mostra que a saraivada de péssimas notícias que acometeram Brandão desde o resultado das eleições 2020 tende a continuar.

O apoio de Eliziane a Weverton, muito mais do que por efeitos práticos, tem um peso simbólico enorme. A senadora nunca foi conhecida por suas convicções políticas e sempre foi “emcimadomurista”. Conseguir seu apoio a tanto tempo do pleito (e é claro que este apoio não foi espontâneo) foi mais um feito do senador pedetista.

Dois dias após Carlos Brandão afirmar que “o debate para as eleições em 2022 deve ficar em segundo plano” no quadro Bastidores do Bom Dia Mirante, Eliziane Gama manifestou apoio a Weverton Rocha “lançando a candidatura” do colega de senado no mesmo quadro do canal.

Os tentáculos políticos de Weverton Rocha já começam a estender-se até na oposição. Na segunda, em entrevista concedida ao jornalista José Linhares Jr, o deputado estadual César Pires (PV) deu declarações que indicam certa predisposição de apoio a Weverton caso tenha que ser feita uma escolha entre o senador e o vice-governador. Com todos esses eventos, a espera de Brandão pela cadeira de governador para começar a agir pode ser entendida como o cronômetro de um micro-ondas. Só que o vice-governador não está fora do aparelho esperando, mas lá dentro sendo assado. E quando o alarme disparar, talvez não reste muito dele para terminar se der jantado.