Secretário Júnior Vieira coordena Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)

A Prefeitura de São Luís fez a entrega de 200 cestas do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), nesta terça-feira (2), a famílias atendidas pelo Centro de Referência e Assistência Social (Cras) Bequimão, que abrange ainda os bairros Santa Cruz e Vera Cruz.

A entrega é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), que está retomando o programa, garantindo alimento saudável às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e incentiva a agricultura familiar. Os produtos distribuídos são comprados diretamente dos agricultores das comunidades de Matinha, Cinturão Verde e Tajipuru e entregue, gratuitamente, para as famílias.

Para esta primeira entrega foram adquiridas oito toneladas de produtos entre frutas e hortaliças, e polpa de frutas. “Hoje estamos iniciando o programa com a efetivação da primeira compra. São oito toneladas de alimentos que vamos entregar para as famílias. Aqui no Santa Cruz, duzentas cestas foram entregues hoje e amanhã serão mais duzentas na região do Monte Castelo e Liberdade. O programa tem hoje 93 agricultores participantes e tem sido fundamental no incentivo da agricultura familiar e da ajuda a muitas pessoas, sobretudo aquelas mais vulneráveis. O prefeito Eduardo Braide tem dado total apoio para o programa e pedido determinação, foco e objetivo para não só fazer da agricultura familiar um exemplo para o estado e nacionalmente. A meta é aumentar o número de agricultores inseridos no programa e desta forma incentivar mais a produção local”, disse o gestor da Secretaria de Segurança Alimentar (Semsa), Júnior Vieira, que coordena o programa.

A cesta entregue para a famílias contém 21 produtos, como abóbora, maxixe, quiabo, cheiro-verde, couve, cebolinha, abacaxi, abacate, melancia, banana, berinjela, batata doce, milho, acerola e polpa de fruta, entre outros. “A gente efetiva a compra desses produtos junto aos agricultores, faz a parceria com a Semcas, que disponibiliza o banco de dados dos seus Cras e beneficiamos famílias que fazem parte do Cras, do Cadúnico, que vivem em vulnerabilidade social e também fazemos a distribuição a instituições que são cadastradas junto a Semsa, que efetivam algum trabalho social e para hospitais”, completou o secretário.

Para ampliar o número de famílias beneficiadas, o volume de compras dos produtos foi ampliado. “Otimizamos o programa em duas compras semanais, de cerca de oito toneladas, antes era cerca de três; para que a gente possa alavancar e incentivar os agricultores que estavam há dez meses sem o programa, já que devia ter sido iniciado em abril do ano passado com duração de um ano”, contou o secretário.

A dona de casa Francisca Aguiar foi uma das primeiras a receber os alimentos e falou da importância da iniciativa. “Essa é uma iniciativa que ajuda as famílias, principalmente neste momento onde muitos perderam suas rendas ou teve a renda reduzida. O dinheiro que a gente iria gastar para comprar esses alimentos já sobra para outras necessidades da família”, disse Francisca Aguiar que mora em uma casa com o marido, cinco filhos e uma neta.

Quem também ficou feliz com o recebimento da cesta foi Vanessa Cunha da Silva. “Ajuda muito na alimentação da família, nesta pandemia que a gente está sem dinheiro, é muito importante porque está muito difícil as coisas”, disse.

O programa tem as parcerias das secretarias municipais da Criança e Assistência Social (Semcas), na identificação dos beneficiários, e de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa).Também é parceira na execução do programa a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes). O PAA, uma iniciativa do Governo Federal, tem como público-alvo pessoas atendidas pela rede socioassistencial e pelos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional da Prefeitura de São Luís. Além das famílias, os produtos também são entregues em unidades de assistência da Prefeitura.

Participaram da entrega, também, o titular da Semapa, Liviomar Macatrão, os vereadores Dr. Gutemberg, Ribeiro Neto, Concita Pinto, Antonio Garcez e Andrey Monteiro.