Ao invés de criar leis que incentivem o desenvolvimento, parlamentar quer secretaria inútil na inchada estrutura da Prefeitura de São Luís.

O vereador Álvaro Pires (PMN) encaminhou proposta para a criação de mais uma secretaria na já combalida prefeitura de São Luís. Trata-se da criação de uma “Secretaria Municipal de Indústria, Portos e Energia de São Luís”. Segundo Pires, a proposta pretende “corrigir um histórico e prejudicial vácuo no âmbito do Executivo Municipal nestas três áreas estratégicas para o desenvolvimento e geração de emprego e renda”.

O parlamentar ainda afirmou que “na ausência da Prefeitura da São Luís, o Governo do Estado do Maranhão protagoniza solitariamente o desenvolvimento da nossa zona portuária, industrial e energética”.

Vamos pontuar algumas coisas:

1 – Após seis anos do atual governo, a área Itaqui-Bacanga, que circula o Porto do Itaqui, continua sendo uma das mais pobres da cidade. Dizer que o governo protagoniza algum tipo de desenvolvimento chega a ser piada.

2 – Colocar a culpa “histórica” na Prefeitura de São Luís quando se é vereador soa até como piada.

3 – Propor criação de secretaria como solução mágica para a geração de emprego e renda pode até funcionar. Funcionar garantido emprego e renda ao secretário e apaniguados políticos que irão ser indicados aos cargos.

4 – Muito mais do que secretaria, São Luís precisa de segurança jurídica e políticas públicas que possibilitem a seus jovens e empresários um ambiente saudável para o empreendedorismo e investimento.

Não há solução mais politiqueira, mais atrasada, mais canastrona e provinciana do que “criar uma secretaria”.

Por que não criar leis que incentivem a população da Área Itaqui-Bacanga a buscarem mais o empreendedorismo do que a dependência do governo, vereador? Por que não ajuda a criar um ambiente que incentive empresários a levarem seus negócios para a zona portuária? Por que não criar um conjunto de leis, que nunca poderão ser mudadas, ao invés de uma secretaria inútil que pode acabar sendo ocupada por alguém incapaz de perceber que políticas públicas não dependem de indicações do prefeito?

Propor a criação dessa estrovenga chamada “Secretaria Municipal de Indústria, Portos e Energia de São Luís” é apenas marketing. Nada mais que isso.

E como dizia aquele que ajuda a iluminar minhas razão, Henry Louis Mencken: “Para todo problema complexo existe sempre uma solução simples, elegante e completamente errada”