Governador pressionou por divulgação de dados de 78% e 100% de eficácia da CoronaVac segundo jornalista Lauro Jardim

O governador de São Paulo, João Dória (PSDB), interviu no Instituto Butantan para a divulgação dos números da eficácia da CoronaVac semanas atrás. A informação foi dada pelo jornalista Lauro Jardim, de o Globo.

“De acordo com interlocutores que participaram tanto do anúncio de ontem como o da semana passada, quem pressionou para que os dados de 78% e 100% fossem liberados foi João Doria”, disse Jardim.

Com uma eficácia testada em algumas milhares de pessoas que agora sabe-se ser 50,38% (0,5% acima do requerido pela OMS para uso emergencial), a vacina teve eficácia anunciada pelo Instituto Butantan dias atrás de 78%, para casos moderados da doença, a 100% para casos graves.

O colunista ainda afirmou que a divulgação dos dados reais serviu como uma espécie de “anticlímax” no plano de Dória para politizar a vacina. Ainda segundo o colunista, Dória “estava incomodado com as críticas relativas aos vários adiamentos na divulgação desses dados, prometidos pelo governo paulista inicialmente para dezembro. E determinou que se divulgassem os dados que estavam consolidados até aquele momento”.

COMENTÁRIO DO LINHARES: Jair Bolsonaro é constantemente acusado de interferir em insituições como Anvisa e Polícia Federal sem que nenhum fato seja mostrado. Inclusive é vítima de inquérito sobre isso. Resta saber se essa história de João Dória usando o Insituto Butantan para fazer política irá passar batida.