Documento contradiz versão de Duarte Jr e revela que candidato fez exame no LACEN

De acordo com certidão assinada pelo diretor geral do Laboratório Central (LACEN), o candidato Duarte Jr (Republicanos) mentiu sobre a autenticidade de exame realizado no lugar. Acusado de ocultar a Covid-19 após suspeitar, ainda no dia 5 de novembro, que podia ter contraído a doença, Duarte divulgou vídeo em que afirma nunca ter coletado exames no local.

“Eu não fiz exame no LACEN e não recolhi material genético no LACEN. Essa é mais uma mentira”, disse Duarte em sua defesa.

A certidão, assinada por Luiz Fernando Ramos Ferreira, identificado diretor geral do LACEN, afirma o contrário. O documento assegura que consta no Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL) registro do paciente Hidelis Silva Duarte Junior para exame da Covid-19.

O documento veio à tona por intermédio do deputado estadual Glaubert Cutrim (PDT). Com base na lei de acesso à informação, o parlamentar exigiu do LACEN mais informações sobre o caso.

A certidão põe fim às versões de Duarte Jr e comprova que o candidato tentou esconder o exame no laboratório e pode ter