Ex-secretário do governador Flávio Dino (PCdoB), Neto Evangelista diz que até sua filha adolescente recebeu a montagem feita com o rosto dele

O candidato à Prefeitura de São Luís (MA) pelo DEM, Neto Evangelista, foi à Polícia Federal nesta terça-feira (13) para denunciar vídeos falsos montados com seu rosto e um ator pornô que estão sendo postados em redes sociais e disparados pelo WhatsApp.

A denúncia visa identificar a origem dos ataques e punir os patrocinadores dos disparos.

Ex-secretário de Desenvolvimento Social do governador Flávio Dino (PCdoB), o político disse que o vídeo chegou até ao celular de sua filha adolescente, menor de idade.

“Vim apresentar uma notícia crime de cunho eleitoral por diversas fake news que estão rodando a respeito de nosso nome na cidade de São Luís”, disse Neto Evangelista.

“O que vim protocolar hoje aqui foi a edição de um vídeo utilizando um ator pornô com a minha imagem junto com ele”, afirmou o candidato. “Esse vídeo foi lançando em diversos grupos de WhatsApp por uma pessoa. Eu tenho uma filha adolescente que tem rede social e recebeu esse tipo de fake news”, declarou.

Para a denúncia à Polícia Federal, foram levados prints de publicações com o número do telefone que estaria fazendo os disparos. Eles estariam acontecendo, de acordo com a denúncia, em grupos de WhatsApp que reúnem jornalistas, blogueiros e “formadores de opinião” de São Luís.

Neto Evangelista disse esperar que o autor dos disparos seja identificado “o mais breve possível”.