Exclusão de conta e opção por delivery direto iria beneficiar economias locais

O Ifood é a maior empresa foodtech (empresa de tecnologia voltada para alimentação) da América Latina. Por meio de aplicativo, a empresa promete aproximar clientela e restaurantes. Acontece que muitos estabelecimentos estão sentindo-se lesados pela plataforma. As taxas e imposições da empresa são vistas como abusivos por muitas empresas que preferem optar por aplicativos próprios ou manter o tradicional delivery por telefone.

Por ano a empresa retira das economias locais no Brasil cerca de R$ 10 bilhões que poderiam ser usados por restaurantes no aquecimento das economias locais. Isso poderia resultar na geração de emprego e renda em milhares de cidades pelo Brasil.

O simples ato de excluir a conta no Ifood, desinstalar o aplicativo e fazer a opção por pedidos diretos pode resultar, até mesmo, na diminuição de preços no decorrer do tempo.

Indiscutivelmente a queda no monopólio do aplicativo iria gerar uma série de benefícios a restaurantes em curto prazo e a clientes em médio e longo prazo.