Funcionários denunciam “tratamento diferenciado” para Sálvio Dino, pai do governador, no Carlos Macieira

Funcionários do hospital Carlos Macieira reclamam de possível “tratamento diferenciado” dispendido ao paciente Sálvio Dino, pai do governador Flávio Dino. O advogado e pai do governador deu entrada ontem no hospital diagnosticado com Covid-19.

Membros do corpo técnico do hospital afirmam que o tratamento de celebridade tumultuou a rotina no 5º andar do hospital desde a chegada de Sálvio Dino. Além disso, eles também estranham a procura por um hospital da rede pública. “Uma pessoa com condições de buscar a rede privada ocupando vaga na rede pública não é certo”, disse uma técnica em enfermagem que não quis identificar-se.

“Se entrasse como uma pessoa comum e fosse tratado como um cidadão normal, é claro que iriamos até aplaudir a situação. O que é muito diferente de ser tratado com regalias e, de certa forma, tratar um bem público como se fosse privado”, prosseguiu.

COMENTÁRIO DO LINHARES:

Espero que o senhor Sálvio Dino se recupere o mais breve e que volte para casa o mais saudável possível. Que sua luta contra a doença seja amena e que não lhe seja infligida dor ou sofrimento.

Contudo, não deixa de ser lamentável que essa “carteirada” seja dada de forma tão escancarada em se tratando de um governo que foi eleito afirmando que a coisa pública não seria mais tratada como propriedade privada.

Não existe nada mais atrasado e provinciano do que a famigerada “carteirada”.