Vice-president do governo Obama abusou de funcionária no estacionamento do Senado

Essa não foi a primeira vez que a mulher acusa Biden de assédio sexual. Em 2019, ela também o denunciou.

Joe Biden, ex-vice-presidente dos Estados Unidos e possivelmente adversário de Donald Trump à presidência do país, foi acusado, nesta semana de abuso sexual por uma ex-funcionária do Senado.

De acordo com Tara Reade, o abuso aconteceu no subsolo de um dos prédios do Senado norte-americano, em 1993. 

Reade afirmou que Biden a “jogou contra a parede, colocou a mão por baixo da sua saia e a penetrou com os dedos”.

“Ele estava cochichando algo para mim e tentava me beijar ao mesmo tempo enquanto perguntava se eu queria ir a outro lugar”, disse a mulher. “Eu me lembro de querer dizer para ele parar, mas não sei se gritei ou se apenas pensei nisso. Estava meio congelada”, acrescentou.