Aproveitando a onda anti-Bolsonaro na imprensa, comunista defende nacionalmente bandeiras que despreza no Maranhão e tapeia bobões

Após oferecer ajuda ao presidente Jair Bolsonaro para fazer a manutenção das rodovias federais, mesmo que seja o governador que inaugura rodovia com prazo de validade de três meses, o governador Flávio Dino se travestiu de defensor do orçamento impositivo. Blindado pala sanha de ataques contra o presidente, o comunista atingiu o ápice da tapeação dos bobões da imprensa nacional.

O mesmo Flávio Dino que hoje defende o Congresso, a democracia representativa e flerta com o orçamento impositivo NUNCA liberou NENHUMA emenda para NENHUM deputado que faz parte de sua base.

O mesmo Flávio Dino que hoje defende o Congresso, a democracia representativa e flerta com o orçamento impositivo é o RECORDISTA na apresentação de projetos do Executivo que são votados no mesmo dia em NENHUMA discussão. NUNCA nenhum governador ENFRAQUECEU tanto a Assembleia Legislativa quanto o governador comunista.

Para se ter um exemplo razoável. O deputado estadual Adriano Sarney (PV) criou um projeto em que remete o destino dos R$ milhões que tem direito em emendas para a população. Catalogou os projetos, fez reuniões, seminários e, por fim, encaminhou as demandas.

O projeto é inédito no Maranhão e foi elogiado por todo o parlamento.

Pois bem, mesmo que entre as inciativas da população apresentadas a Adriano Sarney esteja a cura do câncer e a erradicação da pobreza no mundo, NENHUM centavo irá sair dos cofres para o pagamento das emendas do parlamentar.

Um governador que capitaneia a desonra diária do parlamento e o esmagamento da oposição falando em democracia é como Hitler enaltecendo seu apreço a judeus.

Apenas isso e nada mais.