Se juros (nominais) representavam 10% do PIB e agora representam somente 4% , o PIB dos rentistas não caiu nesse período 6% do PIB?

É portanto óbvio que o crescimento do PIB deveria ser menor com Paulo Guedes do que o crescimento do PIB de Lula e Dilma, se uma parte da população está ganhando substancialmente menos, a metade.

Colocado de outra forma, em vez de calcular o PIB público de -1 versus o PIB Privado de +2,2% , como muitos da equipe Bolsonaro estão fazendo , deveriam calcular a enorme queda de 50% dos rentistas , muitos hoje em pânico.

Eu não tenho os dados para calcular o crescimento correspondente dos Não Renteiros mas o Ibge, ipea, bc, FGV tem.

Que publiquem então .

Se o PIB dos rentistas caiu em 50% , isso não significa que estão ganhando menos, e que a boa distribuição da renda no Brasil está aumentado?

Então economistas da oposição ao governo bolsonaro não deveriam estar aplaudindo esse PIB menor, por que mostra que capitalistas e rentistas estão ganhando menos?

O PIB ficou mais justo, e ninguém comentou.

Tenho uma outra discordância com a cultura econômica desse país que inclui juro nominal como renda de 4 a 5%, quando não é.

O que deveria ser considerado renda dos capitalistas e rentistas deveria ser o juro real, por isso nós administradores usamos o termo real, por que é o verdadeiro juro.

Não entendemos por que economistas incluem o juro irreal no PIB, mas é essa a cultura que reinará esse pais por muito mais tempo.

Rentistas sempre receberam muito menos do que esse juro nominal que incluem nos cálculos de “renda” distorcendo assim os indices de “má distribuição da renda”.

(Minha questão do Capital Giro é outra, a que nos permitiria crescer 6% ao ano)