Agência de Mobilidade Urbana simplesmente sumiu do mapa durante colapso de rodovias estaduais em São Luís na última segunda.

De acordo com o site do governo do Maranhão, a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) tem como finalidade “desenvolver estratégias de políticas públicas de transporte e mobilidade urbana para promover o deslocamento acessível e de qualidade à população, por meio da fiscalização, regulação, planejamento e controle dos meios de transportes e sistema viário estadual”. Dados os últimos acontecimentos na Grande São Luís, parece que essa finalidade não está sendo cumprida.

Os temporais da última segunda (9) deixaram intrafegáveis por horas as estradas de Ribamar (MA-201) e da Maioba (MA-202). Foi uma noite de cão para centenas de motoristas que foram obrigados a passar horas e horas dentro de seus veículos e transportes.

ABSOLUTAMENTE NINGUÉM DA MOB DEU AS CARAS NAS RODOVIAS DO ESTADO DURANTE O COLAPSO DE SEGUNDA

E onde entra a MOB de Flávio Dino nisso tudo?

Por sua finalidade, era obrigação da MOB prever o colapso nas estradas de Ribamar e Maioba desta semana. Dada a incompetência em prever a situação, deveria ter se feito presente e acudido a população.

E o que aconteceu? Bem, a agência simplesmente agiu como se a coisa “não fosse com ela” e deixou todas aquelas pessoas à mercê da própria sorte.

Duas rodovias estaduais colapsadas na capital do estado e nenhuma medida de contingenciamento é tomada pelo governo do estado. Estado governador pela mesma pessoa que semanas atrás se ofereceu para ajudar o presidente Bolsonaro a cuidar das rodovias federais no estado.