Enquanto agremiação era humilhada na Sapucaí, presidente tinha popularidade testada ao ir comprar pão no Guarujá

No carnaval do Rio de Janeiro a escola de samba Acadêmicos de Vigário Geral, da série A, levou um palhaço usando a faixa presidencial para a Sapucaí. A agremiação foi saudada com uma grandiosa vaia entre os presentes.

A escultura fazia o gesto de uma arma com as mãos. Nas redes sociais, alguns internautas criticaram a atitude da escola da Zona Norte do Rio de Janeiro. Alguns usuários acusaram a Acadêmicos de Vigário Geral de querer lacrar e declararam apoio à reeleição do presidente.

De folga no Guarujá, Jair Bolsonaro teve sua popularidade testada ao ir a uma padaria. O presidente foi cercado por centenas de pessoas que manifestaram apoio ao presidente.