Votação decidiu que tropas norte-americanas devem cessar operações no país.

Parlamentares iraquianos aprovaram uma resolução hoje (05) que exige a retirada das tropas norte-americanas do país. O país também convocou o embaixador americano e realizou reclamações formais contra a “perigosa violação de soberania iraquiana”. Os EUA mantêm atualmente cerca de 5 mil soldados no Iraque.

As medidas aconteceram após o comandante militar iraniano, Qassem Soleimani, ser morto por um míssil lançado pelos Estados Unidos na sexta-feira em Bagdá.

O acordo legal entre Bagdá e Washington afirma que as tropas americanas estão no Iraque “a convite” do governo local para combater o EI. Com a aprovação da resolução, parece improvável que Bagdá se recuse a revogar o convite, algo que, teoricamente, forçaria os americanos a retirar suas tropas.