Governador Flávio Dino confirmou encontro com apresentador Luciano Huck. Contudo, comunista nega que tenham tratado de chapa para 2022.

Nas últimas semanas foi plantada na imprensa que o governador maranhense Flávio Dino poderia ser o vice na chapa encabeçada pelo playboy e apresentador Luciano Huck. O encontro entre os dois foi confirmado. No entanto, segundo o próprio Flávio Dino, os dois estiveram juntos na casa do apresentador. Só que não houve discussões sobre chapa ou eleições de 2022. Disse Dino em relação ao caso.

“Qual é o fato? Houve o encontro [com Huck]. E a especulação? De que nós discutimos chapa. É claro que não discutimos. Em nenhum momento este assunto foi tratado. Portanto, é preciso sempre ter serenidade para distinguir uma coisa da outra: o que é fato e o que é especulação”, confidenciou o comunista ao jornalista Manoel Santos Neto.

As declarações do governador levantam a suspeita de que Flávio Dino talvez tenha ido visitar Luciano Huck para receber algumas dicas de como transformar-se em um apresentador Global. Quem sabe ocupando o lugar de Fausto Silva ou do próprio Luciano Huck no Caldeirão.

Brincadeiras a parte, chega a ser constrangedora a desfaçatez do governador comunista ao tratar do tema. Flávio Dino afirmou que saiu do Maranhão ao encontro de Luciano Huck para falar “sobre o Brasil, impressões sobre a situação política do País”.

Conversar “sobre o Brasil” com um apresentador que tem como maiores feitos em sua carreira o lançamento da Tiazinha e da Feiticeira soa até como piada. Apesar de negar a situação da chapa, Dino afirmou que também falou com o apresentador “sobre a necessidade de nós termos alianças políticas amplas”.

Entenderam? Falaram sobre alianças, mas a situação de uma provável chapa que ficou por dias na mídia e foi desmentida só agora não esteve na pauta.

Do jeito que a coisa está, não tarda e a brincadeira no título pode virar realidade. A qualquer momento Flávio Dino diz que pensa em ser apresentador para ganhar alguns dias de vitrine na mídia nacional.