Deputada Joice Hasselmann deve comandar expurgo de bolsonaristas do partido

O PSL decidiu nesta quinta (12) expulsar a deputada Bia Kicis (PSL-DF). A legenda alega “grave infração ética” e “infidelidade partidária” como motivos para a punição. Procurada, a deputada disse ainda não ter sido notificada sobre o assunto.

“É notório que a deputada em questão vem realizando campanha em favor do partido em formação denominado ‘Aliança’ e para tanto desacreditando a agremiação à qual pertence atualmente e contraindicando a permanência de filiados e novas filiações a esta agremiação”, diz o presidente do partido, Luciano Bivar, no documento.

Ao assumir a liderança do PSL, Joice Hasselman ameaçou Kicis. “A deputada Bia Kicis tem de decidir se fica ou não no partido porque ela é a única que tem prerrogativa de sair do PSL. Pode sair imediatamente sem perder o mandato porque ela foi eleita pelo PRP, legenda que não existe mais”.

Com a expulsão, Kicis está livre para aguardar a criação do Aliança Pelo Brasil ou se filiar a outro partido.